segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Liga NOS: Resumo da 18ª jornada


A 18ª jornada da Liga NOS terminou esta noite com a goleada do Boavista sobre o Vitória Setúbal por 4-0, resultado que ainda assim deixa os axadrezados no penúltimo lugar do campeonato, mas mais perto da luta pela fuga à despromoção.

A ronda começou na sexta-feira à noite com o líder Sporting a receber o último classificado Tondela, e de forma surpreendente a empatar a duas bolas, num jogo marcado pela arbitragem polémica de Luís Ferreira, que assinalou uma grande penalidade que não existiu, para além de expulsar Rui Patrício. Os leões ainda deram a volta ao marcador, mas viriam a ser penalizados com a igualdade já perto do fim.

Quem aproveitou este deslize foi o Benfica que no sábado venceu fora o Estoril por 1-2, depois dos «canarinhos», se terem colocado em vantagem, os encarnados fizeram a reviravolta na segunda parte com golos de Mitroglou e Pizzi. ficando assim apenas a dois pontos da formação leonina. Ainda no sábado o Marítimo perdeu em casa num dos derbys da Madeira frente ao União por 0-1, numa partida também ela envolvida em controvérsia com três jogadores maritimistas a serem expulsos.

O Paços Ferreira foi ao reduto da Académica empatar a uma bola, mantendo assim o quinto lugar na tabela, enquanto os «estudantes» continuam perto da zona de despromoção. No domingo o Moreirense foi ao terreno do Arouca vencer por 1-2 e começa a respirar melhor, longe dos últimos lugares. Quem também ganhou fora foi o Belenenses e também por 1-2, frente ao Rio Ave, isto antes das duas equipas medirem de novo forças a meio da semana para a Taça da Liga.

O Sp. Braga foi à Madeira derrotar o Nacional por 2-3, num desafio em que os dois conjuntos acabaram reduzidos a dez elementos. Os bracarenses aproveitaram para cimentar ainda mais o quarto lugar na tabela classificativa. Finalmente e no jogo grande desta jornada, o FC Porto não foi capaz de bater o Vitória Guimarães, saindo derrotado da cidade berço por 0-1, com Casillas a dar um «frango» que deixa os dragões a cinco pontos da liderança, e a três do segundo classificado Benfica.