segunda-feira, 20 de junho de 2016

Água mole em pedra dura ....



Sim! Vou falar outra vez da Selecção e vou falar dela todas as vezes que considere necessárias, porque muito sinceramente estas criticas destrutivas estão a tirar-me do sério. Eu não estou contente com o facto de termos só um golo em dois jogos. Não estou contente por tudo ser decidido no jogo de quarta feira às 5 da tarde, porque eu nem sequer vou conseguir ver o jogo!, não estou contente com os dois pontos, mas principalmente não estou contente com a atitude de alguns "adeptos" da selecção. 

Adeptos está entre aspas ? Claro. Falo daquela gente que meteu na cabeça que a selecção não vai passar, que esta equipa não presta e que os 23 que estão em França estão contentes com o facto de tudo estar no estado em que está! 

Acordem amigos! Não é a primeira vez que a Selecção Nacional deixa tudo para decidir no último jogo, no último lance, na última jogada. Toda a vida assim foi, sempre que tivemos de decidir as coisas no fim nunca fracassamos. Esta quarta-feira é só mais um teste, um teste que os "adeptos" (outra vez) que ainda não leram as folhas da matéria já desistiram. 

Não precisamos de pessimistas, não precisamos de "adeptos" (outra vez) desses. Precisamos daqueles que acreditam quando toda a gente dúvida, precisamos daqueles que gritam nas bancadas como se o jogo fosse em Alvalade, na Luz ou no Dragão, precisamos daqueles adeptos que para além de o ser são fãs. Precisamos daqueles adeptos que apesar de chateados com os resultados dos dois últimos jogos sabem que é possível. Precisamos daqueles adeptos que sofrem, que gritam, que falam com a tv como se os jogadores os pudessem ouvir. Precisamos daqueles que vestem a camisola com gosto. 

Porque temos de ser fortes, temos de acreditar, mas não vale a pena só ser um terço a acreditar, temos de acreditar todos. Mas querem saber o que é que me dá mais raiva? Aqueles "adeptos" que se dizem apaixonados por futebol e que dizem "que a selecção é uma vergonha", meu amigo, a selecção é que devia ter vergonha de ter um gajo como tu a ver o jogo e a cantar o hino com os onze em campo. 

Ainda não marcámos mais do que um golo, é verdade. Mas Água mole em Pedra Dura tanto bate até que fura! Deixem de ser velhos do Restelo, ou se quiserem continuar a ser, meus amigos,.... façam favor, mas também me façam um favor enorme: quando ganharmos não comemorem. Porque para apoiar, e como bom adepto que és (desta vez não), ou apoias sempre ou não apoias nunca. 

Mariana Cordeiro Ferreira