sábado, 17 de setembro de 2016

Cair na Real


Foi considerado o pior em campo no jogo de estreia que fez pelo Bayern de Munique, mas ainda assim a mim em nada me surpreende. 

O Renato é bom miúdo, joga muito, tenta sempre fazer melhor e dá sempre o litro em cada jogo, mas há aqui vários factores a ter em conta que ninguém se lembra de falar. É sempre muito giro criticar o rapaz, mas pensarem um bocadinho antes é coisa complicada. 

O Renato tem a idade do meu irmão mais novo. O miúdo tem 19 anos e em menos de um, passou de esquecido do plantel do Benfica a titular no maior gigante alemão. Pelo meio ainda conta com um titulo de Campeão Nacional e com outro de Campeão da Europa. 

Ele foi o grande menino de ouro no mercado de transferências, o Euro arrancou, o Renato conseguiu convencer, marcar e vencer, chega ao Bayern e no primeiro treino lesiona-se. Está parado 3/4 semanas e no primeiro jogo que é titular perde quatro bolas de maneira parva. 

Sim, é mau. Sim, é péssimo, sim, o miúdo se calhar não vale os 80M€... mas é esse mesmo o ponto. É um miúdo e é normal que ainda tenha de comer muita sopa para ser um dos melhores do Futebol Português e a nível internacional. 

Ele lá chegará, mas têm de lhe dar tempo. E uma vez que ele já não é jogador do Benfica, só lhe desejo as melhores felicidades pessoais e profissionais. 


Mariana Cordeiro Ferreira