sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Menos ais, menos ais, menos ais


A-L-E-L-U-I-A! Graçasadeus, todosossantos e companhia limitada. O Sporting voltou a ganhar depois de mais um jogo sofrido, depois de mais não sei quantos remates, uma bola à barra e (mais) um penálti por marcar, o Sporting ganhou! 

Garantimos os 3 pontos depois de uma crise que começou na deslocação à Luz, passou pela visita do Braga e parecia estar a rondar Belém... O que interessa, como eu disse no artigo de ontem, não são as exibições, mas o resultado, e esse ficou garantido aos 93' com um golo do nosso menino Bas Dost. 

Mas, para quem viu o jogo, sabe que nem tudo foram rosas... começando logo pelo onze inicial. Sim, eu sei, que temos alguns lesionados. As mudanças na defesa teriam de ser feitas, mas há outras que foram, só, desnecessárias. 

Para entendermos o porquê da crise no Sporting ter durado 2 semanas (ou uma e meia como diz o técnico), temos de perceber que o problema existe e temos de perceber também que ele vem de trás... Alguém aqui se lembra da Música do "Menos ais" do Euro 2004? Vou só recordar a primeira parte... 

"(...) Mas nunca é, e a culpa nunca é nossa. 
É do árbitro, é do campo, é de quem nos deu uma coça. 
Chega! 
Queremos mais, é um murro na mesa, 
o grito do Ipiranga em versão portuguesa. 
Porque até hoje quase marcámos, quase ganhámos, quase fizemos.... 
Mas porquê quase? (....) 

O porquê de eu ter recordado esta música? Precisamente porque senti que, ontem o empate esteve muito perto de ser uma certeza. Quem me tivesse visto ontem a ver o jogo percebeu o meu desespero. Eu fiquei zangada logo por saber que o JJ subestimou o Belenenses e com Campbell e Bruno César no banco colocou os Ruiz no onze inicial. (1). Fiquei zangada por ver o desespero de querer uma vitória mais do que qualquer outra coisa na cara daqueles 11 miúdos que estavam presentes em campo. (2) Fiquei zangada quando percebi que se não fosse o Beto o resultado era outro. (3) Fiquei zangada com aquela bola na barra do Adrien. (4). Fiquei zangada por ver que a vontade estava lá, mas que o medo era tanto de não garantir os 3 pontos não nos deixava fazer a finalização e permitia que o Belenenses no assustasse em cada lance de contra ataque.... 

Mas no fim tudo compensou... Não vamos brincar, eu sofro com o futebol como se se tratasse de uma desilusão amorosa e ontem, no meio de tudo aquilo, eu ia morrendo do coração! Fiquei rouca, fiquei sem unhas e quase que me deu uma coisinha má. 

Vamos então perceber, o que, na minha opinião, contribuiu para que eu, e tantos outros sofrêssemos até ao apito final. 

1). As entradas dos Ruiz em detrimento do Campbell e do Bruno César. (A sério JJ?) O jogo de ontem era o nosso tudo ou nada. O Braga estava com os 3 pontos no bolso, o Benfica tinha ganho no dia anterior e, com a ajuda de santos natalicios ou não, o Guimarães só joga hoje. Como assim nós precisamos de garantir uma vitória e tu pões o nosso ponta de lança com os Ruiz? Atenção, eu não estou a dizer que o Bryan e o Alan são maus, muito pelo contrário, mas a verdade é que o Bryan anda todo roto, Ele é um jogador excelente e já nos deu muitas alegrias, mas não pode ser peça essencial para um jogo desta importância. Nós precisávamos (aliás como se viu) de um Campbell no apoio ao Bas Dost e porquê? Porque está visto que resulta amigo..... é preciso mais provas? Quanto ao Alan, eu gosto do miúdo, traz velocidade, é forte no 1 pra 1 e até vos digo que faz sentido que ele seja titular.... mas pôr o Bruno César aos 80'???? Enfim. 

2). Foi evidente de mais o desespero. Na primeira parte estivemos muito melhores que o Belenenses é certo, mas os falhanços consecutivos, a eficácia do Joel e com o tempo a passar e o golo sem aparecer o desespero foi evidente. Os passes que se falharam sem necessidade, o Gelson sem apoio, o Esgaio que se "esmifrou " todo para tentar estar em 500 sítios em simultâneo... Não gosto de saber que a tensão de estarmos em 4º lugar me afecta a concentração dos jogadores. Lamento. 

Sim, sim, já sei o porquê de estarmos em 4º lugar e sei perfeitamente que isso afecta a cabeça de qualquer um (não queiram ensinar a missa ao papa), mas bolas, custa-me vê-los assim.... 

3).O Beto. Com a lesão do Rui Patrício não podia estar mais descansada com o substituto à altura. Não é que eu não gostasse do Boeck (#ForçaChape), mas o Beto é um guarda-redes experiente, fez defesas incríveis ontem, comemorou o golo como se ele próprio o tivesse marcado e gritou, esperneou e ajudou a equipa como um guarda-redes leão que ele é. Graças a ele e ao quarteto defensivo (Jefferson tens de ser titular mais vezes! Esgaio, miúdo, sempre soube que eras a decisão certa), o resultado não foi outro. 

Sim, eu sei. Temos o Marvin, o Paulo Oliveira e outros que tais, mas eu gosto daqueles e para mim, ontem só faltou o Semedo, com a lesão, o Douglas é um bom substituto, mas.... aquele miúdo é o patrão da defesa. 

4). Ai, a sério. Depois de tantas tentativas, depois do jogo ter estado dividido como esteve, aquela bola à barra do Adrien acabou comigo. Morri ali. Achei que o empate era mesmo o resultado final (ainda bem que não foi), mas depois de tanta tentativa, ter o meu capitão, o meu jogador favorito, a rematar forte e a bola ir bater ali foi demais.... 

5). Mas por que raio é que o Bas Dost não estava onde devia estar??? Gritei com ele, ainda que ele não me pudesse ouvir, como devia ter gritado o JJ. Eu sei que o rapaz sozinho não pode fazer grande coisa, mas houve cruzamentos para a área, e sim, estou a falar daquele depois da entrada do Castaignos, que eram bola no fundo das redes amigos! E depois claro, o Belenenses aproveitava as segundas bolas para nos assustar e quem é que nos valia nessas alturas? O Beto e o "quarteto fantástico". Até o Gelson tem vindo defender também! Não podemos perder segundas bolas como aconteceu ontem, como aconteceu com o Braga e como aconteceu com o Benfica. Não podemos JJ, não pode acontecer e não há desculpa para que isso continue a suceder sucessivamente. 


Bem vistas as coisas, uma vez mais, o que conta é o resultado, mas eu não quero continuar a sofrer como sofri ontem para ver um golo chegar aos 93'.... Não me façam mais isso por amor de deus. Corrijam os erros, menos ais, porque eu quero muito mais.... e o meu muito mais é o Campeonato. Eu sei que Campeões não se fazem da noite para o dia e têm de sofrer, mas se conseguirmos sofrer menos corrigindo o que está mal, eu prefiro. 


Mariana Cordeiro Ferreira