domingo, 19 de março de 2017

Bas Dost: Isolado na Bota de Ouro


Ninguém consegue ficar indiferente ao momento espetacular de forma que Bas Dost atravessa. Até ao momento, o avanço holandês conta com 23 golos em 22 jogos, somando a melhor média europeia atual, ultrapassando nomes como Lionel Messi e Aubameyang.


Enquanto sportinguista nada me deixa mais feliz visto que o meu clube, desde há uns tempos para cá, se destacou pela falta de eficácia e por fazer tudo bem, exceptuando a finalização.


Slimani ainda está presente nos nossos corações, e há-de sempre estar, mas aos poucos o holandês tem sabido ocupar o seu lugar e deixar os adeptos bastante felizes com o ataque da sua equipa. Dost consegue fazer golos de qualquer maneira e feitio e, no fim de contas, por muito bem que uma equipa jogue, por muito certa que seja a tática, se não existirem golos, não existem vitórias e sem vitórias não existem campeonatos.


Por muito otimista que seja, tenho plena noção de que o sonho do título está longe de ver concretizado este ano mas ao menos que a época valha por ver grandes jogos e por puder assistir ao sucesso de grandes jogadores.


Bas Dost está, sem qualquer sombra de dúvida, no caminho certo para o sucesso, coletivo e pessoal, e eu apenas me rejubilo no facto dessa jornada passar pelo Sporting Clube de Portugal.
Que venham mais pókers e bis e até hat-tricks! O futebol faz-se da alegria de festejar um golo e este holandês tem-me feito muito feliz ultimamente.